Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Alimento de Fé / Alimento de Fé - 04/06/2018 - Aprendendo com Jesus

Alimento de Fé - 04/06/2018 - Aprendendo com Jesus

“Naquela ocasião, em resposta, Jesus proclamou: “Graças te dou, ó Pai, Senhor dos céus e da terra, pois escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos”. Mateus 11: 25.

 

Leia Mateus 11: 25 – 30.

 

Que o nosso coração aprenda realmente os princípios de uma vida simples, seguindo sempre os ensinamentos de Jesus.

A sabedoria do Senhor é diametralmente oposta a sabedoria humana. Quando aprendemos a ter a mente de Cristo e buscamos a Sua sabedoria, podemos chegar a conclusões que nunca havíamos pensado, e alcançamos muito mais.
Dentro da sabedoria humana, a lógica judaica era de que a morte de Cristo seria o melhor para preservar a religiosidade judaica. Quão errado estavam os líderes da sinagoga e o Sumo sacerdote. Na sabedoria espiritual passamos a compreender melhor a coisas e podemos ter conhecimento não apenas para resolução de problemas, mas para mantermos o foco, prosseguindo na caminhada cristã, evitando agir dentro de uma intuição que muitas vezes é infantil e desprovida de discernimento real. 


Agindo desta forma poderemos evitar muitas preocupações. Quem não quer poder tratar os assuntos da vida de forma ponderada e manter a paz, paz que extrapola a compreensão, (lógica) humana. Infelizmente, a realidade é diferente e temos muitos problemas que nos preocupam, e que nos consomem, produzindo dor e sofrimento, e se torna uma fardo muito pesado. Neste momentos precisamos ir ao encontro de Cristo, que quer e pode nos dar a paz de espírito que tanto precisamos. Isto não significa que os nossos problemas desaparecerão instantaneamente, porém a certeza é de que não estaremos sozinhos, pois Ele caminhará ao nosso lado em todos os momentos. Agindo assim, não deixaremos que as circunstâncias nos impeçam de ver que Deus sempre é maior do que os nossos medo e inseguranças. 


Jesus nos convida a aprender com Ele que é “Manso e humilde de coração”. Para este propósito, Ele nos precedeu e nos deu o exemplo: Ele irradia uma gentileza que todos os seres humanos podem perceber. Ele era tão humilde que nunca se colocou no primeiro plano, estava sempre pronto para servir aos outros e tomar o último lugar, Ele cumpriu, sem hesitação, a vontade do Pai. Temos então a possibilidade de termos uma paz profunda, pois sabemos que podemos contar com a Sua ajuda em todos os momentos. Já não teremos a pressão em nossos ombros, como se tivéssemos que resolver os problemas de todo mundo. Como é reconfortante saber que não somos nós que temos que salvar o mundo, mas sim Deus. Ele fez isso e continua fazendo. 


Que tenhamos um coração que bata no mesmo compasso do coração do Senhor, e assim aprendermos sempre.

Oração: Senhor dê-nos também um coração amável e humilde como o Teu. Um coração capaz de amá-lo com toda a integralidade do nosso ser. Amém.