Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Alimento de Fé / Alimento de Fé - 08/05/2018 - Entendendo nosso tempo

Alimento de Fé - 08/05/2018 - Entendendo nosso tempo

"Pois conheço os pensamentos que penso em relação a ti, diz o Senhor, pensamentos de paz, e não de mal, para te dar um fim esperado". (Jeremias 29:11.

 

Leia Êxodo 13: 17 – 18.

 

Existe uma ideia de que a vida sem reflexão não vale a pena. Creio que no momento em que deixamos de pensar a vida e entender seus momentos, nos tornamos vulneráveis ao acaso e dependentes mais das opiniões de terceiros, o que muitas vezes acrescenta pouco ou quase nada a nossas vidas.

            A vida reflexiva é aquela que possui foco e mantêm a sua integridade, que é pautada pela fé na pessoa de Cristo, e não se deixa enredar nas teias dos sentimentos e emoções.

            Mesmo agindo desta forma, não existem garantias de que não haverá momentos em que não conseguiremos entender as circunstâncias que nos impede de avançar. 

            Nestes momentos a nossa reflexão irá nos levar a perceber que Deus é Senhor do tempo e da vida, e mesmo naqueles momentos em que Ele silencia, não significa que está distante. Então se faz necessário não se deixar dominar pelas inquietações, mas esperar pacientemente o Kairós, o tempo de Deus. Serão momentos de ensino que começa com a paciência que nos levará a nos comprometermos mais com Ele, mesmo quando as dúvidas insistem em aparecer, é o amadurecer da nossa fé.

            Muitas vezes por sermos tão imediatistas, não entendemos o agir de Deus. Temos que entender que um aspecto do caráter do Senhor é a soberania: “Ele faz o que quer do jeito quer, na hora em que quer”.

            Por exemplo, quando os israelitas deixaram o Egito, o Senhor os enviou para a terra prometida pelo caminho mais longo (Êxodo 13: 17-18). Enquanto isso, ele os preparou, ensinou e os desafiou a viver em santidade.

            Nestes dias acelerados, queremos que tudo seja feito rapidamente. Mas, às vezes, o plano de Deus é diferente. Vamos buscar a ajuda do Senhor e aprender a aceitar cada um dos seus momentos, lembrando que seus planos serão sempre de paz e de bem; como diz a Palavra: “Porque conheço os pensamentos que penso em ti, diz o Senhor, pensamentos de paz e não de mal, para te dar o fim que esperas”.

 

 

Oração: Senhor ajuda-nos a aceitar e entender os momentos da vida, de acordo com os teus planos e não os nossos. Que nos momentos em que as dúvidas aparecerem, possamos parar e ouvir a Sua voz, confiando que independente das circunstâncias nós já somos mais do que vencedores por intermédio de Cristo. Amém

Reverendo Silvio de Oliveira

 

Doutor em Teologia com Especialização em Filosofia Clínica