Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Alimento de Fé / Alimento de Fé - 18/09/2018 - Reconhecimento!

Alimento de Fé - 18/09/2018 - Reconhecimento!

“E acontecia que todas as vezes que as pessoas com espíritos imundos o viam, atiravam-se aos seus pés e berravam: “Tu és o Filho de Deus!”. Marcos 3: 11.

 

 

Leia Marcos 3: 7 – 12.      

 

            Reconhecer a Cristo como sendo o Messias e o único caminho, é essencial, porém nada adianta se não vier acompanhado com a genuína expressão de fé.

            Muitas pessoas sabendo a respeito dos milagres procuram se encontrar com Jesus. A multidão de pessoas que só ouviram dos outros o que Jesus era e fazia, mas não haviam presenciado.

            Alguns foram a este encontro apenas por curiosidade, outros em busca de satisfazerem suas próprias necessidades. Eles estão procurando algo que foge a capacidade humana de fazer, mas reconhecem que através de Jesus o impossível pode se torna possível.

Porém podemos afirmar que neste trecho do evangelho de Marcos, este reconhecimento de que Jesus é filho de Deus, não vem das pessoas, mas das manifestações do mal na vida das pessoas. Jesus tem ao seu lado os discípulos que foram orientados a segurarem um pequeno barco para que a multidão não possa esmagá-lo. Será que existe algo mais que possa de certa forma “esmagar” Jesus, além do empurrão puramente físico do homem? Jesus é esmagado pelas pessoas quando elas buscam N’Ele apenas satisfação terrena.

Jesus pode curar doenças ou libertar das possessões do mal. Mas se Ele não está aqui para satisfazer a vontade humana. Há muitos que somente o procuram para seu próprio bem-estar, então, elas limitam a ação de Cristo em suas vidas.

Jesus veio para trazer a plenitude da vida eterna. Cura e libertação, não tem um fim em si mesmas, servem para nos abrirmos para a plenitude que extrapola em muito esta vida. Jesus é “esmagado” sempre que queremos forçá-lo aos nossos padrões terrestres e usá-los para nossos propósitos. Neste momento ele adentra no barco e se retira de nós para nos fazer despertar através da fé, e abrirmos nosso coração à Sua pessoa, e o deseja-lo mais do que tudo o que possa aliviar momentaneamente as dores de nossa vida.

Somente podemos compreender Jesus na plenitude de Sua divindade através da fé. Fé que nos leva a ação de entrega e não somente a uma confissão verbalizada, que em muitos momentos não passa pelo “coração”.  “Porque com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação”.  Romanos 10:10.  

Jesus rejeita o testemunho dos espíritos imundos de forma veementemente.  Porque eles o reconhecem sem segui-lo.  

Muitas vezes temos certeza de que seguiríamos Jesus se pudéssemos reconhecê-lo mais facilmente. Mas apenas a disposição para amar leva à verdadeira compreensão e à ação correta. Toda vez que não queremos realmente demonstrar a Jesus nosso amor, nós também o rejeitamos.

 

Oração: Senhor que nossos olhos possam estar abertos para podermos reconhecê-lo, além de nossas necessidades. Compreendendo a dimensão da profundidade do Teu amor para conosco. Amém.