Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Alimento de Fé / Alimento de Fé - 19/06/2018 - Ele Vive

Alimento de Fé - 19/06/2018 - Ele Vive

“Contudo, eles ainda não haviam entendido que, de acordo com a Escritura, era necessário que Jesus ressuscitasse dos mortos”. João 20: 9.

 

Leia João 20: 1 – 9.

 

Creio que todos nós como cristãos já ouvimos falar sobre a ressurreição de Cristo, mas será que compreendemos toda a abrangência da ação eterna do amor Deus. Temos a consciência de que Ele vive. Então por que em alguns momentos nos sentimos abandonados, pelo Senhor? A certeza da ressurreição deve nos levar a viver de forma esperançosa e alegre, independente das circunstâncias.

 
Existem momentos que precisamos lidar com a questão da morte de alguém que nos é querido. Neste momento como cristãos temos a consciência de que a morte nunca terá a última resposta. Desta forma continuamos a olhar para frente, tendo Cristo ao nosso lado, enfrentamos a dor a saudade e o sentimento de abandono, e conseguimos vencer.

 
Quem neste mundo nunca se questionou: Qual o significado da vida? Deus, por que tanto sofrimento?

Esta dor física, a luta mental, a depressão, até quando? Cremos que a ressurreição de Cristo nos ajuda a responder estas questões. Assim como o Senhor sofreu, demonstrando que a vida humana é frágil, comparada por Paulo como um vaso de barro. O vaso de barro é quebrável, rachável, pode ser esmiuçado. A questão levantada pelo apóstolo é que a diferença está na presença do tesouro existente no interior do vaso de barro. 


Somos chamados a refletir o amor de Deus e a imitar Cristo, e na aceitação da vontade do Senhor, encontramos alívio para os momentos inquietantes da vida. Entendemos que somos peregrinos, nosso lar não está aqui neste mundo, caminhamos para um lugar definido, não somos andarilhos, àqueles que andam sem ter uma direção. Nossos olhos precisam se voltar para os céus, e assim passamos a ter um novo olhar sobre as coisas da terra. Quando alinhamos o nosso coração com o Poder da ressurreição, passamos a ter confiança de continuar a caminhada, crendo que nunca estamos sozinhos.


Cristo é o divino companheiro do caminho, Ele é Deus e Senhor, é nosso amigo o irmão mais velho. Por que Ele vive podemos crer que haverá um amanhã. Temos livre acesso a Sua presença, podemos ter com Ele uma conversa amigável e produtiva através da oração. Ele está sempre pronto para conversar com Seus amigos. Ele sabe que nós precisamos levar nossa cruz, mas Ele nos ajudará. “Eis que estou contigo até a consumação os séculos”. Mateus 28: 20. 


Que a cada dia nos lembremos do grande mistério da ressurreição, que nos foi revelado.

 

Oração: Senhor Jesus, oramos para que abras nossos olhos e possamos perceber Tua presença. Amém.