Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Alimento de Fé / Alimento de Fé - 20/06/2018 - Encontro pessoal com Cristo

Alimento de Fé - 20/06/2018 - Encontro pessoal com Cristo

“De repente, Jesus as encontrou e disse: "Salve! " Elas se aproximaram dele, abraçaram-lhe os pés e o adoraram”. Mateus 28: 9.
Alimento de Fé - 20/06/2018 - Encontro pessoal com Cristo

 

 

Leia Mateus 28: 8 – 15.  

 

 

            A vida cristã amadurece através do encontro pessoal com o Senhor, e da disposição em ouvir e obedecer Sua Palavra. Neste encontro passamos a ter Cristo como nosso modelo e queremos que o nosso proceder seja um testemunho do Seu amor.

            É bom saber que somos amados por Deus. Isto nos desafia a mantermos nosso pensamento e todas as nossas ações voltadas inteiramente para o Seu louvor. Assim como àquelas mulheres, se nosso encontro com o Cristo ressurreto não produzir uma vida “ao pés do Senhor”, uma entrega total e “adoraram” vida de louvor e gratidão por tudo o que Ele é, significa que não fomos tocados pela graça neste encontro. Nossa oração e meditação tem um objetivo mais profundo do que a resolução dos problemas, é contemplarmos a beleza da santidade do Senhor, está reflexão diária tem que servir para nos desafiar e permitir o agir de Deus em nossas vidas, para que sejamos seus imitadores, cristãos genuínos.

            Muitas pessoas duvidam da existência de Cristo, cremos que este não é o problema. O crer ou não, jamais pode alterar a realidade da existência de Deus neste mundo. O crer ou não crer, não   compromete a presença de Jesus em nossos corações. Se o Mestre não está em nós então não haverá Vida Plena, muito menos alegria duradoura. Com Ele, crescemos como ser humano, superarmos os mais hábitos e temos maturidade para lidarmos com os dilemas da vida. A cada momento nos tornamos mais parecidos com Cristo. Ele será nosso orientador, nos ajudará em nossas lutas e nos fará mais do que vencedores.  

            Neste encontro com as mulheres Jesus disse: “Então Jesus lhes disse: "Não tenham medo. Vão dizer a meus irmãos que se dirijam para a Galileia; lá eles me verão”. Mt 28: 10.     

            Nosso encontro diário com Cristo, possibilita vivermos de forma corajosa, encarando as dificuldades da vida com esperança. Talvez este medo fosse um dos principais sentimentos destas mulheres naquele momento, então a Palavra de Jesus foi oportuna. Mas há algo mais aqui, o Mestre disse para que elas fossem e encorajassem aos outros, e anunciasse o desejo do Seu coração de ter um encontro com todos.

            Em nossa caminhada com Cristo, aprendemos que os sentimentos são bons e temos que saber lidar com eles, pois podem se tornarem péssimos guias. Independentemente do que sentimos, a nossa fé nos faz prosseguir. Como diz a antiga canção. “Quando tudo vai bem, tudo bem, tudo bem, diz amém. Quando tudo vai mal, tudo mal, tudo mal chore não”.

            Cremos que é fácil dizer o amém, já o não chorar dependera de qualidade do nosso encontro diário com Cristo. Não estamos dizendo que um cristão não pode chorar. A própria Bíblia nos diz que o choro pode durar a noite inteira. O problema do choro é quando ele nos impede de acreditar que haverá um amanhecer no qual Deus produzirá a alegria em nossos corações.

 

Oração: Senhor obrigado por termos a oportunidade de Te encontrar todo os dias. Ter comunhão e desfrutar da Tua companhia. Que bom saber que somos amados e sustentados por Sua graça. Que tenhamos a força para anunciar o Teu desejo de se encontrar com outras pessoas. Amém.