Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Alimento de Fé / Alimento de Fé - 25/09/2018 - Esperando o Noivo!

Alimento de Fé - 25/09/2018 - Esperando o Noivo!

“À meia-noite, ouviu-se um grito: ‘Eis que vem o noivo! Saí ao seu encontro!”. Mateus 25: 6.
Alimento de Fé - 25/09/2018 - Esperando o Noivo!

 

Leia Mateus 25: 1 – 13.       

 

            A arte da prudência é essencial na vida cristã. Ter sensatez não significa que apenas temos o conhecimento, mas que aplicamos o que sabemos em todas as nossas ações. Há uma frase interessante que diz: "Do passado, a prudência governa o presente, para não prejudicar as ações do futuro". Ticiano Século XV.

            A parábola contada por Jesus revela justamente isto. As mulheres prudentes, usaram o conhecimento e assim as suas ações tiveram um resultado positivo.

            O Mestre revela que existe um plano divino de restauração de toda a humanidade. Seu ministério terreno é uma preparação para um futuro eterno. Ele irá até a morte de cruz, mas este é o início de um novo tempo, onde a porta da graça permanecerá aberta, dando possibilidade de todos os que desejarem ter um encontro com Deus.

            Haverá então um retorno do Cristo ressurreto. Quando ele finalmente voltará?  Quando Jesus finalmente voltará e nos levará para o céu? Esta questão pode ocupar a mente de muitos cristãos quando se leva em consideração o estado deste mundo tenebroso que vivemos.

Outros porém podem até não desejar que esse dia especial aconteça. Vivem felizes com suas vidas, buscando a própria satisfação, se contentando com o presente século, esperando que este dia não venha tão cedo.

Outros, cujas vidas são marcadas por tristeza e doença grave, anseiam pelo céu, desejam que os dias sejam abreviados e chega logo o último dia. O fato é que desejando ou não, todo ser humano um dia estará diante do supremo juiz que é Cristo. O reencontro é inevitável.

            Segundo as palavras de Jesus, pode ocorrer um atraso, mas o dia não será adiado. Através do exemplo das dez virgens ele afirma: “13. Portanto, vigiai, pois não sabeis o dia, tampouco a hora em que o Filho do homem chegará”.

É preciso estarmos preparados, e o que fará que isto aconteça é o desejo de estarmos com Cristo.

            Somente através da fé é que podemos manter a lucidez nestes dias difíceis que vivemos. Desta forma a cada dia vamos cuidando para que em nossas vidas não falte o “Azeite”, que podemos interpretar como sendo a ação purificadora e inspiradora do Espírito Santo.

            Sejamos precavidos e sábios, para que nossa fé não seja apenas “fogo de palha”, mas seja um brilho permanente, brilhando e refletindo o amor de Deus, todos os dias. Pois, o combustível para a luz vem do amor. Deixemos que Deus forneça o “azeite”, para que estejamos preparados para o Seu retorno.

  

Oração: Senhor, sabemos que através da fé não estamos sozinhos, mas, desejamos que chegue o grande dia da plena manifestação da Tua glória. Amém.