Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / NO CENÁCULO / NO CENÁCULO - 04/04/2018 - QUANTO TEMPO MAIS?

NO CENÁCULO - 04/04/2018 - QUANTO TEMPO MAIS?

E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos. Gálatas 6: 9.

 

Leia I João 4: 19 – 21.

Eu sou uma mulher divorciada sem filhos. Você talvez pense que tenho muito tempo livre, mas eu cuido de minha irmã há 41 anos. Ela tem uma doença chamada transtorno esquizoafetivo, que requer medicação para estabilizar seu humor.

Ao longo dos anos, tenho lutado ao lado de minha irmã enquanto ela enfrenta sua doença. Quando ela tem recorrências de mania ou depressão, eu preciso procurar a ajuda de seu psiquiatra para garantir que sua medicação seja apropriada. Quando ela tem crises de temperamento, tenho de suportar com ela - orando secretamente para que se acalme. Embora muitas vezes esse trabalho não me agrade, minha irmã me aproximou do Senhor por causa de minhas constantes orações pedindo ajuda.

Aqui na Tailândia não há instituições onde pessoas com doenças mentais possam ser atendidas indefinidamente. Então eu perguntei a Deus: Terei a responsabilidade de cuidar de minha irmã pelo resto de minha vida? Ele me respondeu que devo cuidar pacientemente dela pelo tempo que eu puder. Portanto, se Deus me coloca nesse lugar e me chama a ajudar minha irmã, atenderei com prazer.

 

Oração: Auxiliador dos mais fracos, graças por nos dares a sabedoria e a paciência para cuidar de nossos amados. Que possamos nos tornar a tua força e paz na vida deles. Em nome de Jesus. Amém.

 

Pensamento para o dia.

 

O Senhor me dá a força para ajudar os outros.

 

Oremos pelas pessoas que sofrem de doenças mentais. Doris Yeung – Samut Prakan – Tailândia.