Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / NO CENÁCULO / NO CENÁCULO - 13/12/2017 - COMO TOMÉ.

NO CENÁCULO - 13/12/2017 - COMO TOMÉ.

E logo disse [Jesus] a Tomé: Põe aqui o dedo e vê as minhas mãos; chega também a mão e põe-na no meu lado; não sejas incrédulo, mas crente. João 20: 27.

 

Leia Mateus 14: 22 – 33. 

 

Minha jornada para me tornar cristão não foi fácil. Não foi uma experiência como a de Saulo na estrada de Damasco (ver Atos 9: 3 - 8). Também não tive nenhuma epifania gloriosa. Eu me assemelhava muito a Tomé - um incrédulo.

Eu queria acreditar, por isso - apesar das dúvidas - fazia o que os cristãos fazem. Ia à igreja, oferecia-me para ajudar em eventos religiosos, lia a Bíblia e, em oração, pedia ajuda para encontrar a fé e não ser “descoberto” como incrédulo. Mas sempre senti que minhas dúvidas poderiam aparecer em um grupo de cristãos - e eu seria descoberto.

Com o passar do tempo, comecei a perceber que, como alguém que se esforçava para ter fé, eu estava em muito boa companhia. Moisés duvidou de sua capacidade e questionou a decisão de Deus de tê-lo na liderança de Israel (ver Êxodo 4: 1 – 17). Vários soldados ao pé da cruz rejeitaram a divindade de Cristo até testemunharem os acontecimentos no Calvário (ver Mateus 27: 38-54).

Essas histórias nos ensinam que a dúvida pode levar ao questionamento, que, por sua vez, pode levar a uma compreensão mais profunda da fé.

 

Oração: Senhor amado, ajuda-nos a conhecer-te e a amar-te mais plenamente. Usa nossas dúvidas para fortalecer nossa fé. Em nome de Jesus. Amém.

 

Pensamento para o dia

 

Minhas dúvidas podem me conduzir a uma fé mais profunda em Deus.

 

Oremos pelos que duvidam. Frederick Heitman – Flórida – EUA.